quarta-feira, janeiro 25, 2006

O desejado e o não-desejado

Ultimamente tenho lidado com notícias de nascimentos, gravidezes desejadas, gravidezes por distracção e até algumas propositadas.Dou por mim a questionar muitas vezes como se sentirá alguém que não é desejado. Não só “não-desejado” para nascer como “não-desejado” por alguém a nível amoroso.
Acredito que o que chamam o "milagre do nascimento" seja algo que derrete a alma de qualquer um e que o "ops!" se transforma num "Ahhh!" de satisfação quando finalmente se tem contacto com esse ser que foi carregado por alguém durante 9 meses.Confesso que deste assunto pouco ou nada sei. As experiências dos outros dão-me algumas luzes mas só saberei dar uma opinião quando percorrer esse caminho.
A nível amoroso, como todos, já passei pelas duas fazes: a do não-desejar e a do não-ser-desejada. A vida ensinou-me a saber lidar melhor com o "não-desejada" do que com o "não-desejado". Não posso mudar os sentimentos de ninguém e não condeno os que deixaram de me amar. Mas não suporto os mal amados. Os que perseguem com as suas ilusões, os que não compreendem que existe um fim, os que suplicam por atenção.
O amor tem destas coisas: tem duas caras como as moedas. De um lado está o romantismo do outro está o desamor. Só temos de saber lidar com os dois.

11 comments:

At 25 de janeiro de 2006 às 17:29, Anonymous Anónimo said...

Nice Blog :)




www.FriendsterForum.com

 
At 25 de janeiro de 2006 às 17:36, Anonymous Anónimo said...

E mai nada......

Chocolates Regina

 
At 25 de janeiro de 2006 às 17:42, Blogger bolaxamaria said...

Concordo plenamente...
Acho muito triste aqueles que pedincham o amor de outros. Só revela falta de amor-próprio.
Era incapaz de rastejar pelo amor de alguém... se o sentimento não é espontâneo, de nada vale lutar por ele...

 
At 25 de janeiro de 2006 às 19:17, Blogger Paz Kardo said...

Excelente... Mui bem pensado e mui bem dito cara miga Lolita!!!

Saudações Pazkardianas...

http://nomadasperdidos.blogspot.com

http://ausenciapazkardo.blogspot.com

 
At 25 de janeiro de 2006 às 19:59, Anonymous Anónimo said...

Estou só de passagem, mas digo-te que vai para aí uma confusão muito grande! Não pelo facto de estares errada em algumas tuas ideias/concepções (todos temos direito ás nossas), mas porque estás a misturar duas dimensões afectivas ( o bébe não desejado, e a mulher adulta não desejada) completamente diferentes, já que atingem o ser humano com uma profundidade quase tão diferente quanto a discrepancia cronológica existetente entre esses dois periodos! Mas isso seria uma longa conversa. Nós na psicologia clinica costumamos dizer "Nenhum bebé satisfaz a mãe a 100% e vice versa", e em adultos "Estamos bem sozinhos, se estivermos bem acompanhados por dentro!".
Deves ser uma pessoa engraçada de conhecer!Asta
Major KB

 
At 25 de janeiro de 2006 às 20:04, Blogger Lolita said...

Não estou a confundir nada: falei de duas coisas distintas! Só que as uni no mesmo texto! Enfim... coisas minhas!! ;-)

 
At 26 de janeiro de 2006 às 02:14, Blogger AS said...

...são posts paralelos!

 
At 26 de janeiro de 2006 às 02:57, Blogger Samuel F. said...

«Nós na psicologia clinica» (!), estes militares...

 
At 26 de janeiro de 2006 às 10:00, Blogger bolaxamaria said...

Oh Major KB, com todo o respeito, quem é sua excelência para dizer que as ideias/concepções da lolita estão erradas??
É que nós, na psicologia clínica, costumamos dizer que cada um tem a sua opinião.. é como os gostos está a ver? Não se discutem e tal!

 
At 29 de janeiro de 2006 às 22:55, Anonymous Anónimo said...

Será que a Menina bolaxamaria leu o meu post com atenção?...Uma das primeiras coisas a que faço referência no meu "post" é precisamente o facto da Lotita ter direito à sua opinião como toda a gente! Ora leia lá outra vez por favor.....
Por outro lado, acho que dá para perceber que, o meu intuito não é fazer juizos de valor desta fantástica blogger que é a Lolita, mas sim, apenas e só fazer o meu comentário.
Major
P.S- Samuel eu militar só sou no nick, LOL. Abraços a todos

 
At 30 de janeiro de 2006 às 12:09, Blogger bolaxamaria said...

Caro Major, há aí qualquer falha de comunicação parece-me... eu li o seu comment com muita atenção, mas esta sua frase: "Não pelo facto de estares errada em algumas tuas ideias/concepções (todos temos direito às nossas)", a mim dá-me a entender que não está de acordo com as ideias da lolita.
Interpretações...

 

Enviar um comentário

<< Home

adopt your own virtual pet!